PDA

Ver Versão Completa : Cianobactérias - Para as combater devemos ?



Páginas : [1] 2

João Magano
17-02-06, 23:10
Outras questões:

www.reefforum.net/showpost.php?p=13295&postcount=1

Pedro Azevedo
17-02-06, 23:35
ESE 500 OU ESE 1000
A Solução fantástica:sbOk3:
Á venda na sua farmacia (mas necessita de receita médica).
Cump.

José Francisco Duarte
27-02-06, 08:51
Boas,

esse ESE é o quÊ?? Um anti-bacteriano, um anti-biótico...
:admirado:

Pedro Azevedo
27-02-06, 23:22
É um anti-biótico

José Francisco Duarte
28-02-06, 11:41
É um anti-biótico

Boas...

apesar de isto ser uma poll, acho interessante que se trate este assunto aqui, visto que tem tudo a ver!

Seja como for, o anti-biótico, ESE 500 ou ESE 1000, deve ser usado em que quantidades? Não vai prejudicar os outros organismos no aqua, nomeadamente as bactérias benéficas para o aqua, que fazem o tão precioso ciclo de azoto??? Segundo sei existem anti-bióticos a que umas bactérias são resistentes e outras não (senão existia só um anti-biótico...) mas será o caso? Caso contrário é um grande risco... :admirado:

Pedro Azevedo
28-02-06, 20:02
Boas
Eu, ja em desespero resolvi arriscar e o que é certo é que já se passaram 2 meses e elas não voltaram. Não noto anomalias nenhumas, mas tenho a informar que não tenho corais duros. Quanto a doses e para saber mais sobre esta minha experiencia consulte:
http://www.reefforum.net/showthread.php?t=2264&page=2&highlight=ESE500

Cump.

Roberto Pacheco
01-03-06, 01:38
visto que tem tudo a ver!

O aumento da luz e uso de reactor de calcio como combateria Ciano ?

Rui Ferreira de Almeida
01-03-06, 13:23
A proposito deste assunto vou transcrever um post colocado por mim noutro forum em Novembro de 2005.

"Eu há pouco tempo tive um surto enorme de cianobacterias no meu aquário grande após uma morte maciça de xénias devido ,penso eu a uma quebra de pH por a cave ter ficado fechada durante 8 dias e não ter colocado a ventilação forçada 24 horas por dia.
Ora perante tal quadro e como não é fácil fazer TPA'S num sistema com 5000 litros de água, decidi utilizar eritromicina.
Li um tópico com 28 paginas no Reefcentral e cocclui que 95% dos que já tinham usado eritromicina não tinham tido problema e apenas 5% tinham tido desgraças.
Ora a minha conclusão foi que provavelmente esses 5% tinham aplicado uma dose excessiva por mau calculo do volume de água ou porque a qualidade da água já era tão má que independentemente de terem usado ou não eritromicina as desgraças tinham acontecido na mesma.
Mas é claro que não é uma decisão fácil quando tenho um recife carregado de corais que não queria perder.
Mas lá avancei . Calculei a dose em função de 4000 lt de água, ( descontando a rocha ) . Usei 1 mg por litro ou seja 4 gramas, isto é 8 comp. de ESE ( farmácia ) de 500 mg. Tirei o carvão e desliguei o ozono , mas não desliguei o escumador como eles diziam . a coragem não chegou para tanto. Nesse dia mal dormi a pensar que de manha iria ter os corais todos marados.
De manha tentei ver alguma coisa comas luzes apagadas e uma lanterna e tudo parecia normal . Quando as luzes acenderam os corais começaram a abrir . Os peixes apareceram todos . Os camarões também. As tridacnas idem . E.... as cianobacterias resumiam-se a uns ínfimos focos. Nessa noite apliquei mais 6 comprimidos . No dia seguinte as cianobacterias desapareceram até hoje sem nenhuma baixa visível. As analises estavam perfeitas. Coloquei carvão e Rowaphos e estou muito satisfeito.
O moral da historia é que hoje revendo o espectro de acção da eritromicina penso que estamos perante um antibiótico que afecta as bactérias aerobicas gram positivas e as anaeróbias. Não é o caso das bacterias nitrificantes porque são aeróbias gram negativas. As desnitrificantes poderão sofrer um pouco mas como estão em zonas menos acessiveis é provável que a eritromicina não atinja aí concentrações susceptíveis de as atingir significativamente.
Assim, usando uma dose correcta e tendo uma boa qualidade de água, penso que podemos controlar alguns surtos de ciano em casos pontuais que não se devem a uma má circulação ou escumação mas sim a um aumento episódico da matéria orgânica por um acidente como, neste caso, a morte das xénias. Nos outros casos devemos sempre corrigir primeiro a causa.
Antes do tratamento devemos sifonar a maioria das algas e depois do tratamento também devemos sifonar os restos de cianobacterias mortos para evitar as suas toxinas, que são o maior risco deste tratamento."

"1 mg por litro dois dias seguidos. Os comp. ESE da farmácia ( é um antibiotico usado em medicina humana) têm 400 mg . Ou seja dão para 400 lt.
ATENÇÃO
calcula bem o volume de água EFECTIVO do teu aquário.
Antes aspira todas as cianobacterias que conseguires.
Retira o carvão activado e desliga as UV's ou oozonizador se tiveres.
No 3º dia volta a colocar o carvão.

O TRATAMENTO NÃO SUBSTITUI A CORRECÇÃO DOS FACTORES PREDISPONENTES , como sejam :
- má circulação
- insuficiençia do escumador
- sobrepopulação
- excesso de alimentação
- má qualidade da água

O tratamento deve ser ponderado pelo aquariofilista e é da sua responsabilidade. Eu li 18 páginas de threads antes de usar o medicamento visto ter muitos corais e outros invertebrados no meu aquário. Não tive qualquer problema´. No entanto ,aresponsabiliade de usar medicamentos cabe a cada um de nós individualmente. "

Devo acrescentar que há cerca de 1 mês repeti o tratamento mas fiz apenas um dia porque a quantidade de ciano era muito pequena.Mais uma vez resolveu sem qualquer problema. O Anti red da Aquamedic contem eritromicina e funciona igualmente bem.

Cump.
Rui Ferreira de Almeida

Nuno Prazeres
30-11-06, 23:03
Tenho um tratamento em curso (vai no terceiro dia). Estou a usar 100mg de Eritromicina para cada 100 por dia (a proporção do Rui) e até agora tudo bem. Decidi manter tudo como estava incluindo escumador.

As malditas começaram a morrer só no final do segundo dia e notou-se uma enorme aumento de actividade do escumador. Peixes e corais estão aparentemente óptimos.

Seguem-se algumas TPAs diárias (pelo menos 3 de 20%) e carvão activado.

Infelizmente não sei o que terá provocado o problema porque os parâmetros estão bem. Admito que com um maior contenção na alimentação, TPAs mais frequentes e mais cuidado no aspirar do fundo a coisa se endireite definitivamente.

Nuno Prazeres
09-12-06, 11:13
Problema resolvido (por agora) aparentemente sem danos para peixes e corais! :sbSourire Obrigado Rui!!!:sbBravo:

Carlos Conde
09-12-06, 13:37
Boas

Nuno

Esse medicamento vende-se sem receita médica?

Julio Macieira
11-12-06, 01:29
Olá Carlos :ola)

É necessário receita médica, ou um amigo farmacêutico.yb665

Carlos Gião
07-08-07, 01:22
Viva
O EsE 500,já é conhecida duma comunidade de resistentes ciano...:admirado:
Aumentei as tpa, melhorei os escumadores, circulação, iniciei a filtragem com filter bags ,aspiro a superficie da areia e hoje coloquei umas resinas anti-fosfatos e carvão novo:sbOk5: :sbOk5: :sbOk5:

Rinaldo Fontenele
10-10-07, 16:17
ultilização de ozonio (O3), é um ótimo remédio.

Carlos Gião
11-10-07, 09:25
Já uso. Redox 420.Melhorou...

Fábio Tugonon
22-10-07, 22:28
Aloha...

Eu hoje tive 1 praga de Cianobactérias...e resolvi aumentando o KH, para promover o crescimento da alga coralina...

Artur Fonseca
19-03-09, 03:36
Coloquei meio comprimido de Eritromicina e em três dias as cianos foram-se. Os restantes habitantes permaneceram bem. :sbOk:

Ricardo Mendes Silva
15-10-09, 11:49
oi!
gostava de saber se há algum problema em usar eritromicina injectal, acho que deve ser a mesma coisa, o agente é o mesmo, mas deem opnioes.
cumprimentos

Jorge Neves
30-06-10, 14:01
:ola) a todos

Como diz o Pedro Azevedo,no início do post,E.S.E.1000 :pracima: (em saquetas...contém glucose,mas não há problema nenhum).
Modo de preparar:
Dissolver 1 saqueta em 100ml de àgua.deixar reposar 10 minutos e voltar a dissolver.
Depois de concluido:100ml = 1000l ; 10ml = 100l ; 1ml = 10l
Fazer contas ao volume de àgua livre (não cubicagem do àqua vazio) e aplicar o correspondente a esse volume.
24 horas passadas aplicar + 1/4 da dose...ao fim de 48h cianos = a 0.
Quando da aplicação do produto,se for o caso,retirar carvão activado (só recolucar 72h depois),parar UV e onzonizador.
Depois de tudo o que fiz (...) TPAs sucessivas,aspiração do substracto sucessivas,com valores normais e há muito habituais,nada resultou em um mês de tentativas (...) com o dito,foi tiro e queda e vai para três meses que tudo está sob control :sbOk:.
Um abraço

Jorge Neves

Jose Teixeira
11-09-10, 15:30
Viva amigos! Com base nas vossas indicações usei o ESE 500 para combater um forte surto de Cianobactérias. Gostava de partilhar com vocês o resultado: ao fim de 3 dias a usar menos de metade do comprimido (que coloquei na sump dissolvido em água - tenho cerca de 230 litros de água) houve uma transformação notável (para melhor) no aquário.
A rocha ficou limpa novamente. Tenho alguns corais que estavem praticamente acabados (um deles cheguei a te-lo fora do aquário para deitar ao lixo) mas que estão a recuperar notavelmente.

Obrigado pela vossa preciosa ajuda e espero que esta experiência possa auxiliar outros também. Cumprimentos.

Artur Fonseca
12-09-10, 01:23
Boas,

De momento também tenho uns problemas de cianos e estou a preparar para iniciar o tratamento com uma saqueta de ESE1000, que o Jorge gentilmente me arranjou. Falta-me arranjar água para TPA e carvão super-activado para o pós-tratamento, que espero conseguir por estes dias. :sbOk:

Marco Macae
30-05-11, 16:56
Boas, tou com algum ciano a aparecer e antes que alastre.. Tou a pensar fazer um tratamento como o descrito neste tópico. Algum conselho mais?

Pelo que li no amigo jorge Neves funcionou ás mil maravilhas, e como foi o resultado do amigo Artur Fonseca?

Depois meto foto das algas para ter mesmo a certeza que estou a falar da mesma praga.

Não sei o que causou o seu aparecimento, se bem que estou inclinado para falta de circulação ( apesar de achar que tenho bem suficiente, mas enfim) pois parâmetros da água penso que não.

Artur Fonseca
30-05-11, 18:31
Boas Marco,

Para a litragem de cerca de 400 litros (aquário + sump), misturei uma saqueta de ESE1000 em 1000 ml de água e apliquei 400ml da solução no aquário.

Ao segundo dia de tratamento notei os peixes com respiração ofegante. O escumador não funciona com o tratamento, a água transbordava literalmente pelo copo. Mesmo assim tinha sempre as bombas de circulação a agitar a água à superfície. Infelizmente, nessa noite que reparei na respiração ofegante dos peixes, no dia a seguir perdi o flavescens. Dentro de horas de notar a perda, coloquei carvão super-activado e acho que ajudou a concluir o tratamento.

Ao terceiro dia de tratamento as cianos tinham desaparecido. Notei alguns corais por exemplo as euphyllias retraídas, com mau aspecto, de qualquer forma passados dois dias estava tudo recuperado.

Foi uma pena a baixa do flavescens... se fosse hoje provavelmente teria aplicado (ou começado por aplicar) apenas metade ou um quarto da dose recomendada. O ESE1000 talvez seja mais concentrado que o ESE500, para mesmas doses em ml...

Boa sorte :sbOk:

Marco Macae
30-05-11, 19:42
hmm obrigado pelo feed back.. não sei se arrisxco perder algum peixe.

E com o antired da aquamedic, que dizem é eficaz? mais seguro talvez...

Isto é mesmo ciano ?

13614

Joao Carlos Pereira
30-05-11, 20:35
O anti red da aquamedic funcionou comigo sem perda de nenhum vivo. Agora por ser mais barato uso a eritromicina, Usando a dosagem recomendada aqui no forum pelo Rui Ferreira de Almeida :http://www.reefforum.net/f8/eritromicina-vs-cianobacterias-4411/