PDA

Ver Versão Completa : Reef de 500 Litros - 2 anos de vida (em remodelação)



Páginas : [1] 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29

Diogo Lopes
18-04-05, 13:48
Olá a todos,

Como poderão saber estou a planear a montagem do meu novo aquário. O sistema terá na sua totalidade cerca de 700 litros (aquário + sump + refúgio)

Aqui ficam algumas imagens desde o projecto (feito há mais de 6 meses), até à realidade que teima em não avançar!

http://www.megagaleria.com/pictures/Pic_3010_1.jpg

A planificação do Projecto

http://www.megagaleria.com/pictures/Pic_3010_2.jpg

O local - que me lanvantou muitos problemas, depois de descobrir que não tinha placa!

http://www.megagaleria.com/pictures/Pic_3010_4.jpg

http://www.megagaleria.com/pictures/Pic_3010_5.jpg

O esquema de circulação - composto por duas OR 3500 como retorno com a colocação de 2 SQWD na coluna seca por forma a separar os caudais em 4. Estes caudais irão sair do lado contrário da coluna seca. O Refúgio será alimentado a partir de uma cabeça motora colocada no aquário principal e a água volta ao aquário principal por gravidade.

http://www.megagaleria.com/pictures/Pic_3010_6.jpg

A estrutura - em aço inox 316

Algumas fotos da fase de colocação das poleias na parede:

http://www.megagaleria.com/pictures/Pic_3010_10.jpg
http://www.megagaleria.com/pictures/Pic_3010_11.jpg
http://www.megagaleria.com/pictures/Pic_3010_12.jpg

Finalmente e ao fim de 2 meses de obras já tenho a estrutura montada - faltam os acabamentos finais, para poder começar com a montagem...

http://www.megagaleria.com/pictures/Pic_3010_13.jpg
http://www.megagaleria.com/pictures/Pic_3010_14.jpg

A iluminação será feita por uma calha com 2 x HQI BLV 250W 10000K + 2 x 24W PC actinicas + 4 x 9W PC actinicas (made in Rui Alves).
O escumador é um Aquamedic Shorty II e vou colocar um reactor de kalk e um reactor de cálcio de câmara dupla da Sumptech.

De resto a filtração será assegurada por cerca de 160 kg de Rocha Viva (100 kg dos quais provenientes do meu antigo aquário)

No refúgio com 50 x 50 x 30 cm colocarei uma DSB de 12 cm e muitas macroalgas - a iluminação será asseguarada por calha Jebo 2 x 36W PC 10000K

Um repositor automático assegurará o abastecimento de água de OI ao reactor de kalk que funcionará com um osmoregulador DIY (made in Alexandre)



Mais promenores à medida que existirem evoluções.

Abraços,
Diogo

Ricardo Lacerda
18-04-05, 15:10
Antes de mais queria-te dar os parabéns!!! Está realmente uma montagem de alto profissionalismo...(nem outra coisa seria de esperar).

Depois queria só aproveitar para alertar outros membros do Fórum para que não venham a sofrer dissabores futuros ...



O local - que me lanvantou muitos problemas, depois de descobrir que não tinha placa!


Conta lá como é que isto aconteceu !!!! :admirado:

Abraços

Diogo Lopes
18-04-05, 15:25
Olá Ricardo,

Obrigado pelas tuas palavras.



Conta lá como é que isto aconteceu !!!! :admirado:


Tens toda a razão... é melhor contar tudo!!!

Quando comprei a minha casa, esta foi-me vendida como tendo placa! Quando verifiquei na câmara o projecto original, verifiquei que a placa apenas existia nas casas de banho e cozinha. Assim, dado que a madeira, de acordo com alguns técnicos que consultei, aguenta cerca de 400 kg por m2 e dada a idade avançada do imóvel, tive que avançar para a solução de escorar a estrutura à parede. As poleias são feitas em ferro, cobertas com duas capas de um produto anticorrosão e têm cerca de 8 cm. Estão colocadas na parede como podem ver cerca de 30 cm.

Desta forma o peso da estrutura é dividido pela parede e chão por forma a tornar a coisa segura.

Como é óbvio aguardo os Vossos comentários e sugestões, pois ainda estou a tempo de fazer algumas alterações.

Abraço,
Diogo

Gil Miguel
18-04-05, 17:15
Boas Diogo

Como o Ricardo Disse, O projecto como seria de esperar e da maneira como foi planificado tem muito pouco a apontar.

Ficam só algumas questões:
- Qual a potencia da bomba para o refugio? O refugio vai ter uma coluna seca ?

- Aonde se arranja o material que estás a utilizar para "cobrir" a estrutura Metálica?

- As 3 poleias teoricamente suportam que peso ?

Diogo Lopes
18-04-05, 17:48
Olá Gil,


Qual a potencia da bomba para o refugio? O refugio vai ter uma coluna seca ?

A bomba que vai alimentar o refúgio ainda não decidi - alguma das muitas que tenho por lá deve dar - a ideia é ter um caudal bastante fraco e a entrada ser feita com um tubo perfurado ao longo da traseira do refúgio, por forma a criar uma corrente ao nível da superfície.

O refúgio não tem coluna seca - apenas um furo de 50 mm onde vou colocar uma protecção e o resto é a gravidade que resolve. Relembro que o réfúgio vai estar colocado a uma altura de cerca de 2 metros!


Aonde se arranja o material que estás a utilizar para "cobrir" a estrutura Metálica?

O materila verde que vês nas fotos é MDF Hidrofugo. Sendo um material usado em construção, deduzo que se arranje num AKI ou em empresas do ramo.


As 3 poleias teoricamente suportam que peso ?

Teoricamente suportam o peso do aquário!!!! :admirado: :sbSourire :sbSourire

Agora a sério - segundo o engenheiro que planificou a estrutura as 3 poleias, estando todas à mesma altura, dividem o peso entre si. Uma vez que a estrtura está também apoiada no chão o peso é assim dividido por 4 "entidades".

Já agora aproveito para complementar o projecto com o que pensei para a movimentação de água: Assim, além das duas bombas de retorno de 3500 litros cada, vou ter 2 Turbelle 7400/2 e uma (ou duas, dependendo da necessidade) Stream 6100, todas ligadas a um multicontrolador. Com isto fico com mais de 50x o volume do aquário em termos de circulação.

O objectivo é integrar as Turbelle 7400/2 na parte superior da RV (que vai ficar encostada ao lado esquerdo do aquário, permitindo assim uma zona aberta do lado direito que ficará à vista) - estas bombas, pelas suas características, permitem uma boa circulação ém níveis superiores causando um efeito de onda à superfície. estas bombas irão fazer contra-corrente com os 4 pontos de retorno, que como disse vão estar virados para a coluna seca.

A Stream 6100 (ou as Streams) estarão também integradas no massiço rochoso (com uma Stream Rock, que tenho já dentro de água, estando já com muita alga coralina), criando uma corrente a meio do aquário.

Estou ainda a estudar a hipótese de colocar por baixo da RV uma bomba para evitar a deposição de detritos por baixo desta - a colocar, esta bomba será ligada a um tubo de pvc perfurado criando vários pontos de saída.

Abraço,
Diogo

Ricardo Lacerda
18-04-05, 18:29
a ideia é ter um caudal bastante fraco e a entrada ser feita com um tubo perfurado ao longo da traseira do refúgio, por forma a criar uma corrente ao nível da superfície.
Esta será sem duvida a melhor forma ... uma "mini" spray-bar aproveitando uma bomba parada ...

Relembro que o réfúgio vai estar colocado a uma altura de cerca de 2 metros!
Certo .... mas o que conta é a distância entre os dois pontos de carga (refúgio) e descarga (aquário) ... e pelos desenhos parece-me que será cerca de 50 a 70 cm ... correcto?

Agora a sério - segundo o engenheiro que planificou a estrutura as 3 poleias, estando todas à mesma altura, dividem o peso entre si. Uma vez que a estrtura está também apoiada no chão o peso é assim dividido por 4 "entidades".
É por mais de 4 .... só seria assim se o móvel só tivesse um apoio. Mas como o móvel assenta todo no chão o peso vai-se distribuir pelos 3 apoios de parede (forças localizadas) e por toda a base do móvel (forças distribuídas). Não terás problemas por aí seguramente!

...Assim, além das duas bombas de retorno de 3500 litros cada...
Aqui discordo contigo Diogo ... a minha opinião é que a água deve "passar" algum tempo na sump ... A sump não se deve limitar a ser um espaço para esconder equipamentos. O tempo de deposição, de contacto com midias (eventualmente lá colocadas), escumador, etc... não pode ser descurado. Segundo algumas teorias o retorno deveria ser igual ao da alimentação do escumador... na minha opinião deveria ser ligeiramente inferior. Para um escumador alimentado por uma bomba de 1500 l/h a circulação deveria ser de cerca de 1000 l/h.
Eu sei que é difícil resistir à tentação de aproveitar o retorno para aumentar o "turnover" do aquário (eu próprio não o fiz...) mas é assim que me parece correcto. A circulação no aquário não deve ser feita às custas do retorno. As coisas devem ser separadas.


....Com isto fico com mais de 50x o volume do aquário em termos de circulação....
Se diminuires o retorno não ficarás com tanto .. mas provavelmente será suficiente...

... permitem uma boa circulação ém níveis superiores causando um efeito de onda à superfície. estas bombas irão fazer contra-corrente com os 4 pontos de retorno, que como disse vão estar virados para a coluna seca.
A Stream 6100 (ou as Streams) estarão também integradas no massiço rochoso (com uma Stream Rock, que tenho já dentro de água, estando já com muita alga coralina), criando uma corrente a meio do aquário.

Estou convencido que esta disposição fica excelente ... e a criação de zonas mortas será diminuta...

Estou ainda a estudar a hipótese de colocar por baixo da RV uma bomba para evitar a deposição de detritos por baixo desta - a colocar, esta bomba será ligada a um tubo de pvc perfurado criando vários pontos de saída.
Sou um dos mais ferverosos adeptos da circulação por trás e por baixo da RV... por isso concordo com a teoria... MAS não posso deixar de discordar da forma como a queres colocar em prática. Jactos, Spray-bars, etc ... em zonas dessas só feitos à base de bombas colocadas externamente ao layout do aquário. No teu caso seria através de um loop externo ou então colocando a bomba na coluna seca e deixando um tubo por trás.
bombas em sítios "inacessíveis" (ou quase) não é boa ideia ... há sempre qualquer problema com um impeller, um "bicho", um grão de areia, etc... e depois é o cabo dos trabalhos para fazer a manutenção...

Claro que isto são opiniões ... e por isso rebatíveis!

Diogo Lopes
18-04-05, 18:54
Certo .... mas o que conta é a distância entre os dois pontos de carga (refúgio) e descarga (aquário) ... e pelos desenhos parece-me que será cerca de 50 a 70 cm ... correcto?

tens razão - a distância será algo à volta dos 80 cm (isto porque o refúgio vai ficar um pouco mais alto que no projecto inicial)


a minha opinião é que a água deve "passar" algum tempo na sump ... A sump não se deve limitar a ser um espaço para esconder equipamentos. O tempo de deposição, de contacto com midias (eventualmente lá colocadas), escumador, etc... não pode ser descurado.

Mais uma vez tens razão, mas para mim e neste caso a sump serve apenas para colocar os equipamentos. Não coloco qualquer tipo de media no meu aquário!

O tempo de deposição é (pelo menos na teoria) garantido pela curvas que a sump tem e um caudal de cerca de 6000 litros (porque não vou ter concerteza mais do isso) distribuído por uma sump de 1 metro, não é nada por aí além. De qualquer forma vou fazer algumas experiências antes de fazer a montagem final e depois coloco aqui o resultado.


Segundo algumas teorias o retorno deveria ser igual ao da alimentação do escumador... na minha opinião deveria ser ligeiramente inferior. Para um escumador alimentado por uma bomba de 1500 l/h a circulação deveria ser de cerca de 1000 l/h.

Já conhecia esta teoria, mas a minha prática diz-me que esse não é um factor a ter em conta, pois sempre tive retornos superiores à alimentação do escumador e em 10 anos nunca tive problemas. O escumador que tenho para este aquário é um Aquamedic Shorty II que funciona com uma bomba de 2400 litros hora (alimentação) e uma OR 3500 para circulação interna.

A água ao passar mais rapidamente não deixa de ser "tratada" pelo escumador e pelo menos 2400 litros por hora são tratados - a distribuição de água nunca é uniforme, pelo que nunca poderiamos garantir que ao termos o mesmo fluxo de retorno, que essa água fosse efectivamente "tratada". Penso que será até benéfico ter um caudal superior, pois assim poderemos garantir um "tratamento" mais uniforme em toda a água do sistema - é apenas um ponto de vista!!!! O que acham?


Eu sei que é difícil resistir à tentação de aproveitar o retorno para aumentar o "turnover" do aquário (eu próprio não o fiz...) mas é assim que me parece correcto. A circulação no aquário não deve ser feita às custas do retorno. As coisas devem ser separadas.

Eu também não resisto, porque realamente acho que é mais benéfico assim - uma grande quantidade de RV aliada a uma grande movimentação são, na minha opinião, mais benéficos que uma sump com pouco caudal.


Sou um dos mais ferverosos adeptos da circulação por trás e por baixo da RV... por isso concordo com a teoria... MAS não posso deixar de discordar da forma como a queres colocar em prática. Jactos, Spray-bars, etc ... em zonas dessas só feitos à base de bombas colocadas externamente ao layout do aquário. No teu caso seria através de um loop externo ou então colocando a bomba na coluna seca e deixando um tubo por trás.
bombas em sítios "inacessíveis" (ou quase) não é boa ideia ... há sempre qualquer problema com um impeller, um "bicho", um grão de areia, etc... e depois é o cabo dos trabalhos para fazer a manutenção...

Concordo em absoluto e não me expliquei bem - vou colocar a bomba no topo esquerdo ao fundo de forma a estar bem acessível, mas pouco visível - ligo-a a um tubo de PVC que desce até ao fundo e depois ao longo da DSB por baixo da RV.


Claro que isto são opiniões ... e por isso rebatíveis!

E são muito bem vindas...

Abraço,
Diogo

Roberto Pacheco
19-04-05, 01:56
Impressionante projeto Diogo ! Estou ansioso de acompanhar o seu desenvolvimento :pracima:

Pedro Pacheco
19-04-05, 12:02
Olá Diogo

Só uma pequena sugestão, segundo entendi vais ter duas bombas dentro do aquário, uma para “alimentar” o refúgio e a segunda para o spray-bar, não sei se é possível mas não consegues colocar estas bombas dentro da coluna?
Aumentavas os tubos de saída do aquário e colocavas as duas bombas dentro da coluna, uma directa ao refúgio e a outra com um tubo a ir ao mesmo nível que o de retorno da sump que voltava a descer para junto a spray-bar, este tubo fazes um pequeno furo no ponto mais alto para quando houver uma falta de electricidade não funcionar como sifão.
Que te parece?

Ricardo Lacerda
19-04-05, 12:13
Concordo em absoluto e não me expliquei bem - vou colocar a bomba no topo esquerdo ao fundo de forma a estar bem acessível, mas pouco visível - ligo-a a um tubo de PVC que desce até ao fundo e depois ao longo da DSB por baixo da RV.
Ok ... assim estamos entendidos!

Mais uma vez parabéns pelo teu projecto.
Espero ver as actualizações dentro em breve.
Abraço

Diogo Lopes
19-04-05, 12:27
Olá Pedro,


Só uma pequena sugestão, segundo entendi vais ter duas bombas dentro do aquário, uma para “alimentar” o refúgio e a segunda para o spray-bar, não sei se é possível mas não consegues colocar estas bombas dentro da coluna?


A sugestão é excelente e apenas não é concretizável, porque eu vou ter a coluna seca - seca!!! Com isto aumento consideravelmente a oxigenação do sistema. O barulho vai ser maior, mas atenuado com uma placa de acrílico colocada por forma a fazer com que a água desça ao longo do vidro lateral.


Abraço,
Diogo

Nuno Prazeres
20-04-05, 01:33
Diogo,
Antes de mais parabéns! :pracima:

E quanto ao substrato no tanque principal? Como vais resolver o problema da possibilidade do turnover próximo de 50 poder fazer levantar a areia?

Eu também estou a preparar um projecto (bem menos ambicioso) e parece-me que o segundo maior problema que tenho de resolver é compatibilizar o turnover elevado com a estabilidade do substrato. Estou a pensar em fazer um bare-bottom.

O meu maior problema vai ser convencer a minha mulher a aceitar a ideia do aquário :eek:

Diogo Lopes
20-04-05, 10:05
Olá Nuno,



E quanto ao substrato no tanque principal? Como vais resolver o problema da possibilidade do turnover próximo de 50 poder fazer levantar a areia?


Vou colocar cerca de 100 kg de Aragamax para conseguir cerca de 10 cm de altura no substrato. No anterior aquário, que tinha apenas 1 metro, tive movimentações na ordem das 45 x e não tive problemas... é tudo uma questão de orientação das bombas, criação de contra-correntes, etc,.

Abraço,
Diogo

Pedro Pacheco
20-04-05, 10:22
Boas, Diogo


Colocada por Diogo Lopes
A sugestão é excelente e apenas não é concretizável, porque eu vou ter a coluna seca - seca!!!
Se é seca seca não há volta a dar, mas acho que é asneira, com 10/15cm de altura já conseguias colocar as bombas na coluna e caso um peixe saltasse para a coluna já tinha onde se aguentar durante um tempo... Como já deves saber desmontei o meu aquário e tinha 3 peixes na minha coluna, se fosse seca já não os tinha.
Só uma opinião.

Diogo Lopes
20-04-05, 12:11
Olá Pedro,


Se é seca seca não há volta a dar, mas acho que é asneira, com 10/15cm de altura já conseguias colocar as bombas na coluna e caso um peixe saltasse para a coluna já tinha onde se aguentar durante um tempo... Como já deves saber desmontei o meu aquário e tinha 3 peixes na minha coluna, se fosse seca já não os tinha.

Não tinha pensado nisso! Já agora diz-me uma coisa - a tua ideia ao colocar as bombas na coluna seria furar essa mesma coluna para os tubos passarem, ou fazer com que subam até à borda e depois descendo para a traseira da RV? Pergunto-te isto porque a minha coluna seca é de vidro e é capaz de ser complicado furar agora!

Um abraço,
Diogo

Ricardo Lacerda
20-04-05, 12:39
...e tinha 3 peixes na minha coluna, se fosse seca já não os tinha.
E eu da minha já "tirei" um palhaço, um ecsenius e um lysmatta ...
.. estavam vivos porque a coluna é cheia.
http://www.reefforum.net/photopost/data/509/3Aqua_Sony_009-med.jpg
De qq forma, agora tenho as minhas colunas tapadas por cima ...
..Fiz umas "tampas" rectangulares em acrílico negro que assentam mesmo no rebordo da coluna.

Pedro Pacheco
20-04-05, 12:50
Olá Diogo

Colocada por Diogo Lopes
...a tua ideia ao colocar as bombas na coluna seria furar essa mesma coluna para os tubos passarem, ou fazer com que subam até à borda e depois descendo para a traseira da RV?
Que suba a borda da coluna.
Se a tua coluna é de vidro o melhor é passar o tubo para o spray-bar por cima, como o teu móvel “cobre” o aquário todo e com a rocha nem se notava que o tubo está lá.
Alem disso tens que fazer um pequeno furo no ponto mais alto já dentro de água do lado do aquário para esse tubo quando faltar a electricidade não esvaziar o aquário para a sump e depois para o chão.
A bomba para alimentar o refúgio é uma ligação simples, colecta a água na coluna e envia para o refúgio

Diogo Lopes
20-04-05, 16:44
Olá,

Obrigado pelas Vossas opiniões.

Vou fazer então o seguinte - vou colocar nos furos de saída uns tubos que façam com que a água na coluna seca fique a cerca de 20 cm, permitindo não só garantir a sobrevivência de algum saltitão, como também colocar as duas bombas - a de alimentação do refúgio e a que vai enviar a água para dentro da RV.

Abraço,
Diogo

Ricardo Lacerda
20-04-05, 16:49
...como também colocar as duas bombas - a de alimentação do refúgio e a que vai enviar a água para dentro da RV.
Assim até prevines tb que algum "distraído" corra o risco de ser sugado pela bomba ...

Rui Ferreira de Almeida
20-04-05, 19:16
Isso é verdade, mas também estás a devolver água não escumada , nem decantada ( e com as particulas da superficie) para a rocha viva do aquário principal . Não vejo problema em colocar a bomba que alimenta o refugio na coluna ,porque até é bom que vá com materia organica , agora devolvê-la ao aquário principal não me parece lógico.
De qualquer forma eu não sou muito adepto da circulação com tubos perfurados atrás da rocha porque me parece pouco eficaz na prática ( embora teoricamente pareça interessante, não me parece que esses jactos sejam significativos em termos de circulação), sobretudo a longo prazo quando a alga coralina e detritos taparem os orificios.
O Moe foi o percursor destes tubos, e até o fazia como entradas a partir da sump com válvulas de não retorno, mas nessa altura não havia bombas eficazes como agora existem as Tunze . Na minha opinião não me parece uma mais valia. Mais vale uma Tunze a apontar para trás da rocha.
Cump.
Rui

Pedro Pacheco
21-04-05, 00:55
Olá Rui


Colocado por Rui Ferreira de Almeida
...sobretudo a longo prazo quando a alga coralina e detritos taparem os orificios.
Acho que é a primeira vez que não concordo contigo, se o tubo está fora do alcance da luz não desenvolve alga coralina (no meu não desenvolveu), quanto aos detritos se a bomba está a trabalhar 24h por 24h não é possível que eles tapem a saída do tubo, ou estou errado?

Rui Ferreira de Almeida
21-04-05, 03:58
Pedro , já reparaste que quando viras uma rocha viva ao contrario ,ela está cheia de alga coralina por baixo.
Eu tenho uma Tunze de 20000lt/hora e na saída crescem algas. Imagina um tufo num furo pequeno. Agora imagina que a esse tufo se agregam particulas e que o caudal vai diminuindo .....
De qualquer forma mesmo que não bloqueie acham assim tão significativo os jactos produzidos por esses orificios?
Cump.
Rui

Diogo Lopes
21-04-05, 09:05
Olá,



De qualquer forma mesmo que não bloqueie acham assim tão significativo os jactos produzidos por esses orificios?


A alga coralina à partida não se forma (pelo menos no meu antigo aquário tinha um sistema semelhante e quando o desmontei o tubo não tinha alga coralina) e a eficácia dos jactos vai depender da força da bomba que colocamos. Mais uma vez pegando no meu exemplo prático, que é o meu antigo aquário, a colocação de um tubo por baixo das rochas resultou muito bem e em 3 anos não existiu muita acumulação de detritos.

Um abraço,
Diogo

Pedro Pacheco
21-04-05, 09:57
Olá


Colocada por Rui Ferreira de Almeida
Eu tenho uma Tunze de 20000lt/hora e na saída crescem algas.
Concordo contigo a 100%, eu também tenho 2 tunze que estão cobertas de alga coralina por cima e de lado, mas forma-se porque estão em contacto directo com a luz, onde a luz não chega não tem.

Colocada por Rui Ferreira de Almeida
Agora imagina que a esse tufo se agregam particulas e que o caudal vai diminuindo .....

Colocada por Pedro Pacheco
se o tubo está fora do alcance da luz não desenvolve alga coralina (no meu não desenvolveu)
Com já tinha dito no meu spray-bar não se desenvolveu alga coralina e o Diogo também confirma que não se desenvolve.

Colocada por Diogo Lopes
...(pelo menos no meu antigo aquário tinha um sistema semelhante e quando o desmontei o tubo não tinha alga coralina)...

Ricardo Lacerda
21-04-05, 11:19
....Agora imagina que a esse tufo se agregam particulas e que o caudal vai diminuindo .....
No meu aquário antigo isso não aconteceu .. e a bomba só tinha uma capacidade de 1200 l/h ...
Neste novo setup, a minha spray-bar está ligada a uma Poseidon PS4 de 5500 l/h ... e mais uma vez... está tudo "limpinho". Pelo contrário, a Tunze que tenho para a movimentação "frontal" está tão carregada de coralina que dentro em breve vou ter que a tirar para a limpar..


....acham assim tão significativo os jactos produzidos por esses orificios?
Rui .. agora vais-me desculpar ... mas nem sequer estou a perceber a tua pergunta .. :admirado:
Se a spray-bar for dimensionada como deve ser, o que vai acontecer é que vais ter uma "miniatura" da saída da bomba em cada furo. A velocidade de saída deverá ser exactamente a mesma que tens à saída da bomba. A única diferença é o caudal estar concentrado em jactos e dividido por cada orifício.
Quanto à sua colocação por detrás da RV nem me parece carecer de discussão uma vez que é unânime ser uma das zonas tradicionalmente mais "mortas" em termos de corrente dos aquários .. excepção feita quando existem dispositivos que o contraríam (spray-bar, bombas, etc...)

Para uma análise mais "profunda" acerca da questão da furação da spray-bar podem ler este meu "devaneio" de 22-11-04: http://www.reefforum.net/showthread.php?t=305

Um abraço,
Ricardo