AJUDA DE aquariofilia marinha - REEFFORUM

Aqui você pode encontrar respostas a dúvidas sobre o funcionamento do fórum. Use os links ou a caixa de pesquisa para encontrar o que procura.

Atingindo o equilíbrio entre pH, cálcio e reserva alcalina

Existem parâmetros da água que devemos respeitar para a obtenção dos resultados desejados em aquários. A despeito do que se afirma, corais ditos "duros" crescem e se multiplicam em cativeiro. A base proporcionada para que esses corais e todos os outros habitantes do aquário possam florescer é fundamentalmente o equilíbrio entre pH, reserva alcalina e cálcio. Abaixo, passamos a uma breve explicação e formas de atingir esse equilíbrio.

Como já vimos, o pH de uma solução é determinado por sua quantidade de íons hidrogênio. De maneira geral, quanto mais íons H+, menor o pH de tal solução. Isso implica, para nós que queremos manter um meio ligeiramente alcalino, a necessidade da adição de íons que não permitam o acréscimo da quantidade de íons H+ livres na água, pois esse acréscimo implica em sua acidificação (queda de pH).

Para obtermos ao mesmo tempo pH estável e íons cálcio disponíveis no aquário, a fim de permitir o crescimento dos corais, adicionamos solução saturada de hidróxido de cálcio, para repôr a água perdida por evaporação. A adição de Kalkwasser (CaOH-), portanto, é a forma mais simples de resolver três problemas: a evaporação de água, a reposição de íons cálcio, e a manutenção de níveis razoáveis de reserva alcalina.

Quando se usa kalkwasser, deve-se prestar atenção para o fato de que seu pH é mais alto do que o que precisamos (em torno de pH 12), e portanto sua adição em curto espaço de tempo eleva o pH em demasia, e prejudica o sistema tamponador por causar precipitação de carbonatos (também necessários).

Kalkwasser deve ser ministrada gota a gota. dependendo da grau de evaporação de cada aquário, pode-se com o tempo observar que a quantidade de cálcio reposta diariamente não atinge a necessidade dos habitantes. Uma solução viável é aumentar a evaporação do aquário instalando-se uma ou mais ventoinhas logo acima da linha d'água. A quantidade de água, e portanto de solução de kalkwasser deve ser aumentada, e então estaremos dosando mais cálcio todos os dias.

A mecânica para se obter níveis de cálcio e reserva alcalina elevados não tem muitos segredos, apesar de que o comportamento de cada aquário é único. Certamente, dosar kalkwasser lentamente é um dos segredos. Uma forma de dosar a solução de maneira equilibrada seria utilizar um sistema de reposição que levasse o dia todo para repôr a quantidade de água que se perde por evaporação. Pode-se atingir isso de diversas maneiras, inclusive por utilizar-se bombas dosadoras.

O quê exatamente desejamos em relação a esses parâmetros ?

Os níveis naturais da água do mar em regiões de recifes de corais são de pH marcadamente estável (8.2 a 8.3 no curso de 24 horas), reserva de carbonatos entre 120 e 130 ppm de CaCO3 (Carbonato de cálcio), e 390 a 420 ppm de cálcio em forma iônica.

Após pouco tempo tentando atingir esses números, vemos que é relativamente difícil mantê-los. A adição de kalkwasser pode não suprir a necessidade de cálcio, e muitos outros eventos podem dificultar nossa tarefa. Para resolver esse problema, precisamos entender o que acontece com esses componentes.

A reserva de carbonatos é consumida pelos habitantes do aquário e pela tendência de acidificação de sua água. A adição de kalkwasser repõe o cálcio, tão necessário, mas por vezes precisamos elevar o nível de reserva alcalina.

Para isso utilizamos tamponadores. Normalmente, são compostos de carbonatos e bicarbonatos de sódio. Porém, já existem no mercado atual vários produtos que não têm como consequência o desequilíbrio iônico que a adição de carbonatos de sódio podem causar a longo prazo. De fato, se exagerarmos na dose de tamponador, podemos acabar com menor quantidade de cálcio do que aquela com que iniciamos.

Obtém-se equilíbrio efetuando-se testes na água, e dosando tamponador de acordo com o comportamento dos resultados. É bem simples, e descrevo abaixo o passo a passo do que ocorre no aquário e como podemos interferir para obter níveis razoáveis.

1 - Concentrações de cálcio e a reserva alcalina tendem a cair. Inicia-se o uso de adição diária do volume de água perdida por evaporação com solução saturada de kalkwasser. Essa solução pode ser dosada em sua forma "leitosa" , para obtermos maior quantidade de íons cálcio no aquário, ou podemos utilizar ventoinhas para aumentar a evaporação, ou ambos recursos.

2 - Os níveis de cálcio se mantém como desejado, mas a reserva alcalina se mantém baixa e o pH do aquário oscila demais. Inicia-se a adição judiciosa de um tamponador da melhor qualidade que pudermos encontrar. Devemos manter a dosagem diária de Kalkwasser, mesmo quando dosarmos tamponadores. Em algum tempo, dependendo dos níveis que se deseja atingir, é possível observar os corais crescendo e florescendo, chegando a se ligar às rochas em que estão posicionados, crescendo sobre elas.

O tamponador, também, independente da marca utilizada, deve ser dosado vagarosamente. Todas as interferências no aquário devem ser cuidadosas.

De forma resumida, temos o seguinte:

A acidificação causa queda de pH (aumento de H+).

Adicionando-se kalkwasser (CaOH-), neutraliza-se esse H+, obtendo-se Ca+, CaCO e H2O (água). Se o pH cair muito, a reação pode se inverter e precipitar cálcio.

Para não correr risco de queda de pH, devemos manter uma quantidade mínima de íons carbonatos como reserva. Adicionando-se um tamponador de qualidade, os carbonatos consumidos pelos residentes do aquário e perdidos pela acidificação da água se mantém em concentração razoável. Os íons CaCO3 também servem para o bom desenvolvimento de algas coralíneas. Um aquário com algas coralíneas crescendo nas rochas e nos vidros tem certamente bom nível de reserva de carbonatos.

A água utilizada para dosagem dessas soluções deve ser a mais pura possível.

Se encontrarmos nitratos ou fosfatos na água doce que desejamos usar, devemos considerar sua prévia filtragem por osmose reversa.

Mês que vem: controle de nutrientes e o filtro de fundo denitrificador (plenum - sistema "Jaubert").


http://www.aqua.brz.net

Ricardo Miozzo
Colaborador de Aquarismo Marinho

Pesquisar AJUDA

Selecione esta opção se você deseja que sua pesquisa procure no texto dos itens da AJUDA, assim como nos títulos.

Selecione uma opção aqui para especificar como deseja que sua pesquisa seja tratada. 'Qualquer Palavra' retornará o maior número de possíveis resultados relevantes, enquanto 'Frase Completa' retornará apenas resultados que contenham exatamente aquilo que você pesquisou.