Absolutamente fantástico !

Estive nas Maldivas em 95 (em lua-de-mel) mas ainda não tinha curso de mergulho, pelo que me fiquei pelo snorkelling. Mesmo assim...foi de cortar a respiração.

Na ilha onde estava, havia umas barreiras de coral morto empilhado (em molhes) aí a uns 40-50 mts da praia, para a proteger da subida das águas, criando uma baía que era um verdadeiro paraíso de corais e peixes, a míseros 2-3 mts de profundidade.

Passando essas barreiras (têm naturalmente, umas largas aberturas de comunicação para o "mar exterior"), nos primeiros 20-30 metros, o fundo do mar baixa gradualmente até aos 10-15mts de profundidade e, de repente, cai a "pique" para mais de 1000 de profundidade (pelo que me disseram), atenta a configuração das ilhas.

Uma vez, estávamos a nadar aí a uns 40 mts para lá da barreira para apreciar a sensação do mar aberto e, de repente, a minha (agora, ex)mulher ia-me partindo a mão de tanto apertar: muito perto de nós, do lado dela e cortando-nos o caminho de regresso para a barreira, apareceu do nada (leia-se da escuridão do fundo) um magnífico -e grande...- tubarão cinzento. Passou por nós, majestoso, sem nos ligar nenhuma. Foi um momento inesquecível.