Página 2 de 3 PrimeiroPrimeiro 123 ÚltimoÚltimo
Resultados 26 a 50 de 72

Tópico: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

  1. #26
    Membro Identificado Avatar de António Vitor
    Data de Ingresso
    29-03-08
    Localização
    Vialonga
    Idade
    46
    Posts
    3.603

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    Olhando para este gráfico:


    não me parece que o azul venha trazer algo de mais, a não ser, melhor coloração...
    será?
    de qualquer forma tenho mesmo de experimentar com mais os tais 36 leds azuis...ainda não me enviaram os leds (a ledrise), conto com mais 10 dias talvez de espera... (não têm em stock)

    Estas deduções que estamos a ter depende dos gráficos, e possivelmente nos estudos e em que plantas se fez os estudos...

    não conheço nenhum com zoos, e toda a gente sabe que os pigmentos dos corais também mudam o espectro da luz... portanto até depende dos corais.

    Talvez seja a razão da fluorescência dos corais...mudar o espectro da luz...
    curiosamente o espectro fluorescente mais dominante é o verde azulado...
    hum....porque será?


    Bom posso estar completamente equivocado e seja tudo uma questão de potência...tudo uma questão de mais leds...
    Última edição por António Vitor; 13-04-11 às 16:21.
    http://www.waterinspiration.blogspot.com

    "Nunca tenham medo de inovar, Lembrem-se, a Arca foi construida por amadores, profissionais construiram o Titanic."
    -Anónimo.

  2. #27
    Membro Identificado Avatar de António Vitor
    Data de Ingresso
    29-03-08
    Localização
    Vialonga
    Idade
    46
    Posts
    3.603

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    não sei se já tinham visto, mas reparem neste video que fiz o ano passado.

    Este é outro dos pontos forte dos leds, o controlo!
    http://www.waterinspiration.blogspot.com

    "Nunca tenham medo de inovar, Lembrem-se, a Arca foi construida por amadores, profissionais construiram o Titanic."
    -Anónimo.

  3. #28
    Membro Veterano Avatar de Nuno Prazeres
    Data de Ingresso
    20-04-05
    Localização
    Lisboa
    Idade
    53
    Posts
    1.112

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    Já que estamos numa de (boa) discussão aberta, está me a parecer que se vamos combinar t5 com leds, a melhor solução seria usar as ditas T5 de 6500k substituindo alguns cool white em vez de ir para as azuis a substituir os royal blue.

    Porquê? Porque o espectro das 6500k tem uma excelente produção precisamente ali na zona da clorofila b.

    Não é nada de transcendente (muita gente já combina hqi com T5) e temos a vantagem de serem as lâmpadas mais baratas.
    Já se monta um par de 54w diy por menos de 40 eur. Quanto a eficiência no que toca a lumen por watt não sei como comparam com os leds.

    As 6500 penso corresponderem aos leds warmwhite.

    Entretanto li um post no reefcentral que alega que a combinação clássica de CW com RB produzuna cor visualmente fraca e pouco texturada. Mais à frente alguém discute se não começamos mal ao assumir os coolwhite como a base de todas as montagens de leds. Penso que fomos no "engodo" de serem os mais luminosos mas provavelmente serão fracos em termos de colour rendering (CRI). Acrescento que o uso dos CW pode criar um exagero na região dos 450 ao serem sistematicamente combinados com royal blue (RB). Possivelmente o exesso nessa zona de frequência originará efeitos de saturação.

  4. #29
    Membro Identificado Avatar de Ricardo Pinto
    Data de Ingresso
    23-09-04
    Localização
    Porto - Matosinhos
    Idade
    37
    Posts
    1.515

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    Ora viva,

    Boa discussão!

    Não estou totalmente convencido se esses são os melhores espectros para um aquário de recife. Digo isto porque, eu quero é acentuar nos pigmentos dos corais a fluorescência (ou será fosforescência... nunca sei), não propriamente as zooxantelas.
    Idealmente o que se pretende é obter o máximo de energia, sem o aumento de zooxantelas.

    Também concordo convosco que o PAR, individualmente, diz pouco da capacidade de uma lâmpada para aquariofilia. O mais importante é o PAR + espectro.

    E com isto pretendo dizer, que na minha opinião, devemos ter o máximo de luz "azul" possível (= fluorescência?). Mas ao mesmo tempo, por uma questão estética eu gosto de ter uma luz equilibrada nos brancos. Por outro lado ao longo dos anos, notei que algumas cores nos corais (como o rosa ou vermelho) só "aparecem" se colocarmos lampâdas com esses espectros.

    A luz no aquário continua a ser um grande mistério para mim, o que faço é ir "copiando" exemplos que vejo que funcionam.

  5. #30
    Membro Identificado Avatar de António Vitor
    Data de Ingresso
    29-03-08
    Localização
    Vialonga
    Idade
    46
    Posts
    3.603

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    Citação Postado originalmente por Nuno Prazeres Ver Post
    Já que estamos numa de (boa) discussão aberta, está me a parecer que se vamos combinar t5 com leds, a melhor solução seria usar as ditas T5 de 6500k substituindo alguns cool white em vez de ir para as azuis a substituir os royal blue.

    Porquê? Porque o espectro das 6500k tem uma excelente produção precisamente ali na zona da clorofila b.

    Não é nada de transcendente (muita gente já combina hqi com T5) e temos a vantagem de serem as lâmpadas mais baratas.
    Já se monta um par de 54w diy por menos de 40 eur. Quanto a eficiência no que toca a lumen por watt não sei como comparam com os leds.

    As 6500 penso corresponderem aos leds warmwhite.

    Entretanto li um post no reefcentral que alega que a combinação clássica de CW com RB produzuna cor visualmente fraca e pouco texturada. Mais à frente alguém discute se não começamos mal ao assumir os coolwhite como a base de todas as montagens de leds. Penso que fomos no "engodo" de serem os mais luminosos mas provavelmente serão fracos em termos de colour rendering (CRI). Acrescento que o uso dos CW pode criar um exagero na região dos 450 ao serem sistematicamente combinados com royal blue (RB). Possivelmente o exesso nessa zona de frequência originará efeitos de saturação.
    Faz mesmo sentido..até porque há quem diga que as t5 actinicas não produzem mais azul que algumas brancas, apenas não têm as outras cores.
    Se é assim ou não...não sei...

    Também acho que exageramos nos 450 nm (eu exagerei), ao colocar as royal blue...por isso vou meter os blues, não sei se vou ter sucesso se vou ter de meter novamente as t5, mas isto não fica sem experimentar...

    Eu só copiei os planos de outras calhas leds DIY, e fiz até nas mesmas proporções...
    só que foram os primeiros diy...


    Ricardo, as royal blue activam muito bem as fluorescências, agora se as blue fazem melhor ou não também não sei...
    quando montar as azuis irei verificar isso.
    A minha máquina de filmar/fotografar, não capta as fluorescencias...nada...não sei se isto é tipico de todas as máquinas...
    http://www.waterinspiration.blogspot.com

    "Nunca tenham medo de inovar, Lembrem-se, a Arca foi construida por amadores, profissionais construiram o Titanic."
    -Anónimo.

  6. #31
    Membro Identificado Avatar de PedroPedroso
    Data de Ingresso
    19-10-07
    Localização
    LISBOA
    Idade
    48
    Posts
    567

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    quanto a leds não sei, logo não respondo

    mas preciso de mudar as 8 lâmpadas t5 de 54W e estou a pensar em experimentar este set pois gostei bastante das cores do aquário, que acham?

    Bulbs: Front to Back
    ATI Blue Plus
    ATI Blue Special
    KZ Coral Light Fiji Purple
    KZ Coral Light Super Blue
    KZ Coral Light Fiji Purple
    ATI Blue Plus
    KZ Coral Light New Generation
    ATI Blue Plus

    source:
    A Reef in the Sky

    ps. este aquario é a minha maravilha em todos os aspectos. a seguir ao do Carlos Mota e do Carlos
    Abraço

    Pedro Pedroso

    cego não é o que não vê, é o que não quer ver.....

  7. #32
    Membro Identificado Avatar de António Vitor
    Data de Ingresso
    29-03-08
    Localização
    Vialonga
    Idade
    46
    Posts
    3.603

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    Citação Postado originalmente por PedroPedroso Ver Post
    quanto a leds não sei, logo não respondo

    mas preciso de mudar as 8 lâmpadas t5 de 54W e estou a pensar em experimentar este set pois gostei bastante das cores do aquário, que acham?

    Bulbs: Front to Back
    ATI Blue Plus
    ATI Blue Special
    KZ Coral Light Fiji Purple
    KZ Coral Light Super Blue
    KZ Coral Light Fiji Purple
    ATI Blue Plus
    KZ Coral Light New Generation
    ATI Blue Plus

    source:
    A Reef in the Sky

    ps. este aquario é a minha maravilha em todos os aspectos. a seguir ao do Carlos Mota e do Carlos
    Pedro, Podes ter ficado contente com os corais saudáveis que as luzes podem ter produzido, agora por fotografias, acho que é complicado retirar as cores reais do mesmo...

    até podem ser melhores do que mostra, claro, mas também há quem faça photoshop...
    http://www.waterinspiration.blogspot.com

    "Nunca tenham medo de inovar, Lembrem-se, a Arca foi construida por amadores, profissionais construiram o Titanic."
    -Anónimo.

  8. #33
    Membro Identificado Avatar de Ricardo Pinto
    Data de Ingresso
    23-09-04
    Localização
    Porto - Matosinhos
    Idade
    37
    Posts
    1.515

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    Pedro, Podes ter ficado contente com os corais saudáveis que as luzes podem ter produzido, agora por fotografias, acho que é complicado retirar as cores reais do mesmo...

    até podem ser melhores do que mostra, claro, mas também há quem faça photoshop...



    Dizer que o aquário do v1... rotate e do basaloco é photoshop

  9. #34
    Membro Identificado Avatar de António Vitor
    Data de Ingresso
    29-03-08
    Localização
    Vialonga
    Idade
    46
    Posts
    3.603

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    Citação Postado originalmente por Ricardo Pinto Ver Post


    Dizer que o aquário do v1... rotate e do basaloco é photoshop
    calma...
    não disse isso, disse que há quem faça photoshop, obviamente que em aquários tipo do Jan é me impossivel ir lá verificar...

    também disse que poderiam ser melhores do que aparentam na foto... (ou seja um photoshop bem feito poderia dar uma maior aproximação á realidade, não estou a dizer que se fez photoshop...mas que quem sabe os fazer pode melhorar a fotografia, no bom sentido, na aproximação á realidade...)

    disse as duas coisas...


    E estava a falar no reef em cima, do Jan, que é o primeiro que aparece na página e não os outros...
    hehe

    Eu próprio cheguei a usar o photoshop , há algum tempo que não faço, dá trabalho e fica tudo adulterado na mesma...(eu não tenho jeito)
    Mas podemos aplicar o mesmo, podem estar melhores do que aparentam...


    só agora é que vi o reef do rotate.

    Atenção que esta minha opinião deve-se apenas e só à minha experiência com o meu aquário e com as minhas máquinas...se calhar tenho só máquinas da treta.

    mas nem as fluorescencias consigo fotografar..
    lol
    http://www.waterinspiration.blogspot.com

    "Nunca tenham medo de inovar, Lembrem-se, a Arca foi construida por amadores, profissionais construiram o Titanic."
    -Anónimo.

  10. #35
    Membro Identificado Avatar de PedroPedroso
    Data de Ingresso
    19-10-07
    Localização
    LISBOA
    Idade
    48
    Posts
    567

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    Pois isso do photoshop tem mt que se lhe diga

    Agora que o aquario tem mt boas cores tem. Agora que lhes parece 2 fijiurple em 8 lampadas? Sera demais?

    Quanto a fotografia sou um verdadeiro azelha
    Abraço

    Pedro Pedroso

    cego não é o que não vê, é o que não quer ver.....

  11. #36
    Membro Veterano Avatar de Nuno Prazeres
    Data de Ingresso
    20-04-05
    Localização
    Lisboa
    Idade
    53
    Posts
    1.112

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    Resumo do que aprendi nos últimos dias lendo posts e artigos por essa net fora:
    *
    Montagem clássica: Coolwhite + Royal Blue = muito lumen, muito azul mas:
    *
    1 -*A qualidade visual da cor parece deixar muito a desejar já que a "textura luminosa" para o olho humano*dos corais, peixes e rocha é mais fraca do que com HQIs ou T5. Exemplo pessoal: quando andava de*btt à séria usava dois tipos de iluminação com os respectivos lumens mais ou menos equivalentes: halogénio e led (penso que CREE, Seul ou Luxeon seguramente cool-white). Ora apesar da luminozidade dos dois sistema ser igual, com halogénio andava mais rápido a descer em zonas com alguma exigência técnica. No Monsanto à noite num circuito de 12,3 kms e muito sobe e desce a coisa valia 30 a 40 segundos. Porquê? Porque a luz dos leds davam-me uma visão demasiado bidimensional do terreno contrariamente à do halogénio que me permitia maior profundidade visual e logo decisões mais rápidas e menos consumo de pastilha de travão a descer.
    *
    2 - Do ponto de vista de espectro fica-se com um pico brutal na zona dos 450nm porque os cool white têm o maior pico nessa zona que é precisamente onde também está o único pico dos royal blue. Ora aumentando o número de leds para tentar compensar uma deficiência noutras frequências menos excitadas, pode gerar fenómenos de saturação na região dos 450nm. Exemplo: há cerca de uma semana coloquei uma ponta de Acropora millepora sobre os meus 16 leds da sump. A extensão de pólipos não está por aí além mas o preocupante é que que ontem a dita ponta tinha uma bolha de ar a sair por um pólipo o que não sendo definitivo pelo menos deixa indiciar um fenómeno de saturação.
    *
    3 - O facto de se colocarem RBs à bruta, apesar de tudo deixa de fora uma parte interessante do espectro que se consegue estimular precisamente com as T5 actínicas e super actínicas*que é a região dos 420-440nm (violeta)*que as zooxantelas usam muito fruto de*estarem bem disponíveis*em profundidades típicas (até 15 metros). As royal-blue têm o pico de radiação demasiado estreito para gerarem algo de jeito nessa região e a curva das cool-white tem o mesmo problema.
    *
    4 - O espectro dos leds brancos sejam eles cool, neutral ou warm têm todos uma depressão na zona dos 480/500 que é precisamente uma região de frequência onde há um pico de eficiência da clorofila - B pelo que a combinação habitual de CW + RB deixa esta necessidade por suprir.
    *
    Resumindo:
    *
    a) do ponto de vista de qualidade visual da cor parece mais lógico usar "warm-white" (WW)*do que "cool white" (CW) quando combinados com "royal-blue" (RB);
    b)*apesar de não endereçarem directamente*o pico dos 450nm, os leds "blue"*(B) têm a virtude de puxar mais para a região dos tais 480nm e
    c) dê por onde der (e demonstrem-me o contrário) não há leds de alta potência no mercado que ataquem decentemente frequências críticas na região dos 420-440 e 480-500.
    *
    Conclusão teórica a que chego (absolutamente pessoal e subjectiva pelo que*peço todo o*à vontade para criticar!!!)
    *
    Os Leds ainda não chegam totalmente lá!
    *
    Isto não significa que não podem ser usados. Podem e devem mas das duas uma:
    ou temos que nos limitar a espécies que possam gerir a deficiência que determinadas frequências terão ou então teremos obrigatoriamente que os combinar com outra solução de iluminação destinada a suprir a inequívoca carência acima exposta.
    *
    A experiência que tenho há dois anos na sump demonstra-o*tal como o que se passou com o António Vitor revela exactamente o mesmo.
    *
    *
    Implicações práticas: enquanto não aparecerem outros leds (e a investigação e desenvolvimento parecem estar mais viradas para aumentar os lumens/watt e a luminosidade do que para alargar a cobertura das frequências) há que fazer iluminação mista nomeadamente utilizando T5 que "puxem" bem nas zonas que vão dos violetas aos turquesas*ou seja no*intervalo 420/500.
    Os leds a usar em combinação podem e devem ter a tarefa da intensidade luminosa propriamente dita*e nesse sentido inclinava-me para uma combinação entre CW e WW e alguns RB ou B*dependendo estes últimos da natureza da T5 a utilizar.
    *
    Como posso provar esta teoria? Se arranjar uma PC ou uma lâmpada de casquilho que tenha um espectro de jeito, colocava-a na minha sump e passava a usar metade dos leds. Se as coisas mudarem para melhor 8como espero) tenho a minha teoria confirmada. Infelizmente a época do ano não é a melhor porque o aquecimento gerado ia-me criar problemas...

  12. #37
    Membro Identificado Avatar de António Vitor
    Data de Ingresso
    29-03-08
    Localização
    Vialonga
    Idade
    46
    Posts
    3.603

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    Julgo que não será bem assim...
    Se assim fosse, eu não teria o mesmo rendimento com metade dos watts, mesmo que eu esteja a meter t5.

    São é metade das t5 que antes tinha, e os leds gastam metade das minhas 2 hqi de 150.

    portanto acho que quer dizer alguma coisa...a nivel do que aquilo mete...
    ok não é as eficiências que apregoam...

    O pico da clorofila-a podemos dizer que é no pico dos cool white
    ou quase...nos 430-440 nm ainda é eficiente q.b.:
    http://www.ledrise.com/files/x-pg.pdf
    pico abaixo dos royal blue.

    As algas todas têm clorofila-a mas muitas não têm a clorofila-b.
    E as lâmpadas que meti não são super actinica, a t5 que meti tem mais luz no azul e cyan...
    não será por ai...
    Em relação aos royal blue, pelos vistos o pico é nos 450, o que parece ser mau...nem a clorofila-a tem o seu óptimo longe disso nem no clorofila-b, mas atenção não sei se as zoos têm clorofila-b...
    podem ter outras moleculas...

    vejam aqui:
    Chlorophyll - Wikipedia, the free encyclopedia
    existe a c1, c2, a d e a f...
    A clorofila-b aparece mais em plantas...

    não será por ai...se os white tivessem o pico nos 420 nm, seria melhor...
    mas mesmo assim julgo poder dizer que bate as outras iluminações...
    agora não será 2 vezes melhor...não chega a ser, por isso tenho de meter mais leds...
    ou continuar com as 2 t5...

    Também é possivel, que os corais tenham de se adaptar, com novas moleculas, não sei...pode ter sido...
    sei que as coisas agora estão bem...e em equipa que ganha não se mexe...

    Ainda estou meio reticente em relação a mudar para 100% leds...
    melhor a meio termo...
    hehe
    http://www.waterinspiration.blogspot.com

    "Nunca tenham medo de inovar, Lembrem-se, a Arca foi construida por amadores, profissionais construiram o Titanic."
    -Anónimo.

  13. #38
    Membro Identificado Avatar de António Vitor
    Data de Ingresso
    29-03-08
    Localização
    Vialonga
    Idade
    46
    Posts
    3.603

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    A clorofila c1, dá um tom castanho amarelado...será que as diatomáceas têm destes?
    e os dynoflagelados tipo zoos...pois...não faço ideia onde é o óptimo.
    http://www.waterinspiration.blogspot.com

    "Nunca tenham medo de inovar, Lembrem-se, a Arca foi construida por amadores, profissionais construiram o Titanic."
    -Anónimo.

  14. #39
    Membro Veterano Avatar de Nuno Prazeres
    Data de Ingresso
    20-04-05
    Localização
    Lisboa
    Idade
    53
    Posts
    1.112

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    Transformando o que escrevi em algo prático diria que se montasse uma calha para iluminar o meu 350 litros iria para algo muito parecido contigo.

    2x T5 actinicas e tomando os CREE XR E como referencia usaria 48 - 8 cool white 16 blue e 24 warm white. Pelo menos partiria dessa configuração.

    Não faço ideia se existem mas procuraria uma T5 com a principal força entre os 410 e os 480/500.

    A minha ideia é não inflaccionar demasiado um pico estreito nos 450 e usar os warm white para excitar mais e melhor a segunda bossa da clorofila que anda nos 650 e, simultaneamente, produzir uma luz visualmente mais "texturada" do que os coolwhite.

    Entretanto li num estudo na net que a clorofila b quase n está presente nas zooxantelas.

  15. #40
    Lojista Avatar de Baltasar Parreira
    Data de Ingresso
    28-09-05
    Localização
    Quinta da Beloura
    Idade
    50
    Posts
    706

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    Atenção pessoal estão-se a esquecer de uma coisa importante que é os BIN code dos leds, ou seja eu tenho Cool White que dão uma luz tão amarelada como alguns Warm White, penso que para salgado nada abaixo dos 6000K (caso especifico dos BIN's para Warm White) nos fará falta.

    Logo eu no meu caso uso sempre Cool White geralmente com BIN's o mais perto possível dos 10000K (luz mesmo muito branca) mas isto pode ser compensado com outros Cool White também de BIN's perto dos 6500K e não recorrer a Warm White que tem espectros geralmente muito baixos na casa dos 2700K a 6000K que penso ser preferível por alguns tipos de algas indesejadas.

    Logo é preciso cuidado quando compram um led numa loja qualquer online, pois se não é especificado o BIN code correm o risco de levar com um qualquer e depois para quem não gosta vai ter o aquário todo para o amarelado pois o led nem está perto dos 8000K quanto mais 10000K eheheh e é nesses casos que depois tem de ser bem compensado com azuis ou Royal Blues para a luz abrir e não ficar tudo tão amarelado.

  16. #41
    Membro Veterano Avatar de Nuno Prazeres
    Data de Ingresso
    20-04-05
    Localização
    Lisboa
    Idade
    53
    Posts
    1.112

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    E há datasheets que tenham gráficos espectrais por bin?
    É que a temperatura de cor por si só pouco nos diz relativamente às frequências de emissão. Posso ter dois leds a gerarem os mesmos kelvin mas com distribuições espectrais diferentes.

    A eficiência fotosintética será muito mais função da radiação luminosa.

    Para aumentar a confusão, penso que além da questão dos bin ainda há o facto de diferentes correntes produzirem diferentes espectros.

    Ou seja: demasiadas variáveis para se ter certezas absolutas.

    A não ser que se tenha um espectómetro diria que é muito difícil fazer uma luminária só com leds que tenha uma cobertura luminosa mais ou menos óptima.

    E insisto que, pelo menos a julgar pelos datasheets, não há leds utilizáveis em aquariofilia de recife a emitir suficientemente entre os 400 e os 440 nm ou na região dos 480.

    Por isso continuo a achar que os leds são a melhor solução de iluminação que temos disponível desde que combinados com outras fontes luminosas que compensem as suas carências espectrais.

    Não refuto que seja possivelmente uma má opinião influêciada pela minha ignorância. Como disse antes, mostrem me leds a emitir bem nas frequências mencionadas que dou logo a mão à palmatória.

  17. #42
    Membro Identificado Avatar de Pedro Ferrer
    Data de Ingresso
    30-10-04
    Localização
    Paiã - Pontinha
    Idade
    43
    Posts
    3.191

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    Bom dia Nuno

    Citação Postado originalmente por Nuno Prazeres Ver Post
    não há leds utilizáveis em aquariofilia de recife a emitir suficientemente entre os 400 e os 440 nm ou na região dos 480.
    Encontrei estes, mas não sei se servem para o efeito...
    ACULED VHL (4chip UV LED) by LED-TECH.de

    Parece-me que teria que se usar um vidro, eventualmente com algum tratamento, para não afectar a pele dos peixes no que diz respeito a queimaduras devido aos UV...

    Abraço
    Pedro Ferrer
    Eu posso!
    Eu quero!
    Eu consigo!

  18. #43
    Lojista Avatar de Baltasar Parreira
    Data de Ingresso
    28-09-05
    Localização
    Quinta da Beloura
    Idade
    50
    Posts
    706

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    Os datasheet dos Prolight (marca que uso) tem sempre toda a informação de BIN color code e BIN de Flux em si, como podem ver aqui:

    http://www.aqualed-light.com/pdfs/5W_PG1C-5Lxx_v1.7.pdf


    Quanto ao intervalo de comprimentos de onda dos 400 aos 440nm penso só indo para leds UV mesmo, pelo menos no que toca a esta mesma marca como podem ver no datasheet para o modelo UV embora existente somente de 3W:

    http://www.aqualed-light.com/pdfs/3W_PG1C-3LLx_v1.6.pdf

    no entanto para andar perto dos 480nm temos o BIN 3 do azul que tem pico nos 475 logo terá 480 nm.

    No primeiro datasheet pode-se ver (gráfico 1) que os Cool White como já falado num post anterior têm uma curva mais completa e de maior potencia nos azuis propriamente ditos comparativamente aos CREE, mas pode haver outras marcas ainda melhores nesta curva.

  19. #44
    Membro Veterano Avatar de Nuno Prazeres
    Data de Ingresso
    20-04-05
    Localização
    Lisboa
    Idade
    53
    Posts
    1.112

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    Pedro e Baltasar,

    Excelente informação para estudar a fundo.

    Como disse antes, espero estar enganado quanto à minha opinião.

    Tenho cometido o erro de basear as minhas ideias nos datasheets que conheço.

    Assim de repente diria logo que os prolight permitem construir um espectro mais completo até porque, contrariamente aos CREE, têm os picos mais gordos e têm mais cores disponíveis.

    Chamou me igualmente a atenção o facto do warmwhite ter um pico menor nos 450, o coolwhite ter o seu pico mais para os 460 e um dos bins do azul bater ali nos 480.

    O warmwhite parece ter um excelente CRI já queadere muito bem à representação teórica da sensibilidade do olho humano.

    Concluindo: os prolight abrem excelentes possibilidades para construir um espectro óptimo como quem brinca com Lego.
    Última edição por Nuno Prazeres; 15-04-11 às 15:47.

  20. #45
    Membro Identificado Avatar de Pedro Ferrer
    Data de Ingresso
    30-10-04
    Localização
    Paiã - Pontinha
    Idade
    43
    Posts
    3.191

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    Boa tarde

    Citação Postado originalmente por Baltasar Parreira Ver Post
    Quanto ao intervalo de comprimentos de onda dos 400 aos 440nm penso só indo para leds UV mesmo
    E os UV não serão perigosos para os seres vivos do aqua!?

    Grato pela atenção
    Pedro Ferrer
    Eu posso!
    Eu quero!
    Eu consigo!

  21. #46
    Lojista Avatar de Baltasar Parreira
    Data de Ingresso
    28-09-05
    Localização
    Quinta da Beloura
    Idade
    50
    Posts
    706

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    Os UV em excesso claro que são prejudicais tal como para nós humanos, dai que as calhas de lâmpadas HQI têm sempre um vidro a frente anti-UV para alem do invólucro da própria lâmpada referir ser sempre anti-UV também de forma a filtrar, embora não seja 100% eficaz, mas faz uma redução bastante grande ao ponto de os poucos UV que passam não serem prejudicais e até benéficos possivelmente.

    Pelo que vi nas minhas investigações há quem use leds UV e não sendo muito a percentagem de UV a que estamos a expor os corais e peixes não será nociva segundo parece.
    Pode ser que nas calhas led também exista a falta desta pequena componente de espectro desde que não em demasia para assim complementar as outras zonas do espectro dadas pelos outros tipos de led.

  22. #47
    Membro Identificado Avatar de António Vitor
    Data de Ingresso
    29-03-08
    Localização
    Vialonga
    Idade
    46
    Posts
    3.603

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    A ausência de UV e de infravermelhos, é o que faz os leds serem mais eficientes...certo?

    A malta teima em comparar batatas com torresmos, ter 300W hqi não é a mesma coisa que 100W leds...
    pela minha experiência diria que isso é um redondo engano, mesmo que aparente a mesma luz...

    Eu na minha opinião (que vai mudando...com o andar da carruagem) é tudo uma questão de potência, as zoos como as algas, adaptam-se ao regime e á luz que metemos...

    tal como fariam, se estivessem a 1 m ou a 20 metros da superficie, o espectro que chega lá abaixo não é o mesmo.
    Por isso têm para além da clorofila-a outros pigmentos e moleculas...

    Tendem também a usar TODA a luz visivel, práticamente...daí existir n pigmentos auxiliares, pelos vistos as zoos, têm também destes pigmentos.
    A eficiência máxima pode estar num determinado espectro, mas isto não invalida o sucesso com outros espectros...
    Eu tinha 300W HQI e mais 4xt5 54W, e mudei para apenas 180W leds, não me pareceu menos luz (visualmente), mas houve ressentimento nalguns corais...
    pode ter sido até pelo maior valor do cálcio...
    o certo é que tudo entrou nos eixos quando adicionei 2xt5 54W.

    Talvez tenha sido tudo uma questão de potência...apenas e só...
    180W era muito menos do que 300HQI+216WT5
    apenas isso e só...

    Existem HQI com mais de 100 lumens por watt, os meus melhores leds fazem 150 lumens por watt, tipicamente os leds fazem 80-90 lumens em muitas e diversas marcas...
    isso não é o dobro de eficiência, podem compensar ao não precisarem de reflectores e ganharem mais uns lumens, mas isso não é a mesma coisa que ser 4x superior em eficiência...

    pelas minhas contas e pela luz que tenho (potência) não falha mesmo nada...
    leds têm quase quase o dobro da eficiência...E é mais por causa dos reflectores, que não precisam...

    Eu julgava que o meu problema tinha sido a falta de excitação da clorofila-b...afinal as zoos não têm esta clorofila...
    lol
    http://www.waterinspiration.blogspot.com

    "Nunca tenham medo de inovar, Lembrem-se, a Arca foi construida por amadores, profissionais construiram o Titanic."
    -Anónimo.

  23. #48
    Membro Veterano Avatar de Nuno Prazeres
    Data de Ingresso
    20-04-05
    Localização
    Lisboa
    Idade
    53
    Posts
    1.112

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    A minha opinião é que quando introduziste as T5 alargaste a frequência para cobrir um intervalo muito mais eficiente. Provavelmente mais para os lados dos 420 do que para os famosos 480. Além disso, lá está, aumentaste a potência luminosa - digamos que o numero de fotoes a atingir o aquario aumentou.

  24. #49
    Membro Identificado Avatar de António Vitor
    Data de Ingresso
    29-03-08
    Localização
    Vialonga
    Idade
    46
    Posts
    3.603

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    Nuno podes ter razão...
    As t5 que tenho devem ser similares a isto:

    não são verdadeiras actinicas, mas até têm algum UV.

    Bom com esta abordagem t5+led consigo ter este tipo de crescimento...
    vejam:

    Http://1.bp.blogspot.com/-UKeN9xH3Ys...B15-4-2011.jpg

    Para 4 meses acho que está aceitável...não achas Nuno?
    Observa a "tua" Montipora confusa....


    A foto não está igual, mas deveria estar, possivelmente tirei em modo manual e com diferenças na velocidade de obturação...

    Na altura que tinha só leds, tive alguns sps a darem-se bem.
    montiporas...claro...
    portanto efectivamente parece ser por causa da falta de luz que tive o tal problema.
    tinha 180W leds cerca de 0.5W por litro, e tive de me aproximar do 1W por litro para ter sucesso com as acroporas.
    Última edição por António Vitor; 17-04-11 às 23:17.
    http://www.waterinspiration.blogspot.com

    "Nunca tenham medo de inovar, Lembrem-se, a Arca foi construida por amadores, profissionais construiram o Titanic."
    -Anónimo.

  25. #50
    Membro Identificado Avatar de Pedro Ferrer
    Data de Ingresso
    30-10-04
    Localização
    Paiã - Pontinha
    Idade
    43
    Posts
    3.191

    Re: Cartilha sobre Leds - Por Jake Adams

    Bom dia

    The UV spectrum is a segment of light which is notably absent from the range of LED lights now widely available for the aquarium market.

    (...)

    The UV and 420nm wavelength neighborhood of light has been an important spectrum for the keeping and coloring of SPS corals and we look forward to seeing more LED lamps delivering these important wavelengths of light to aquarium corals.
    Ultraviolet light includes a wide range of wavelengths and of course we are talking about the mild UVA spectrum, not the skin cancer causing and germicidal UVC spectrum.
    in Ultraviolet LED light from VolxJapan now in development for the Grassy LeDio spotlights

    Também aqui se pode ler que os UVA:

    Long Wave = UV-A = 400 nm 315 nm = blacklight = mostly harmless, almost 99% of what hits the earth's surface is UV-A. Halides put out a good deal of UV-A, esp the 10,000Kish ones. Some T5's can as well (some, like the G-man true actinic were designed to). This is the only UV spectrum that has been proven beneficial to some corals... VERY FEW, and some clams
    Mais alguns dados...

    380nm to 400nm, according to LEDgrowlights.info, is where the visible light spectrum begins and the "process of chlorophyll absorption begins." Still our High Power Royal Blue LEDs from either CREE or Lumileads dont even touch the outer bound of this spectrum range. We are not out of luck though!
    in http://powerbower.blogspot.com/2010/...-spectrum.html

    Abraço
    Pedro Ferrer
    Última edição por Pedro Ferrer; 18-04-11 às 10:01.
    Eu posso!
    Eu quero!
    Eu consigo!

Página 2 de 3 PrimeiroPrimeiro 123 ÚltimoÚltimo

Informações de Tópico

Utilizadores Navegando neste Tópico

Há 1 Membros navegando neste tópico. (0 registrados e 1 visitantes)

Tópicos Similares

  1. DIY leds...
    Por António Vitor no fórum DIY - Faça Você Mesmo
    Respostas: 855
    Último Post: 23-07-11, 09:50
  2. Desmistificar calhas de LEDs
    Por Baltasar Parreira no fórum Discussão de Artigos
    Respostas: 32
    Último Post: 26-11-10, 21:49
  3. Reef - Link Úteis
    Por José Passos Campainha no fórum Funcionamento do Forum
    Respostas: 62
    Último Post: 21-12-08, 09:44

Tags para este Tópico

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •